Saiba mais sobre a Ceratocone

word-image-1-1A ceratocone é uma doença dos olhos que afeta a córnea e faz com que a pessoa veja imagens distorcidas e, algumas vezes, tenha visão dupla. É uma doença progressiva, na maioria dos casos avança com o astigmatismo.

Se você quer saber mais sobre a doença, como acontece o diagnóstico, quais sintomas e opções de tratamento, continue lendo este artigo para saber mais informações.

Quais são os sintomas da ceratocone?

São vários sintomas da ceratocone, mas a visão distorcida é a principal. Em alguns casos, a doença pode gerar visão dupla de um objeto. Dor de cabeça, fotofobia e coceira são outros sintomas comuns da ceratocone.

Como é feito o diagnóstico?

A ceratocone pode ser diagnosticada pelo oftalmologista, por meio de exame clínico e específicos. Alguns dos exames pedidos para o diagnóstico da doença é a paquimetria ultrassônica e a topográfica.

Somente o médico pode identificar o estágio da doença e, a partir disso, prescrever o melhor tratamento.

Como é feito o tratamento da ceratocone?

O tratamento da ceratocone pode ser feito de diversas maneiras. A primeira intenção é fazer com que o paciente tenha conforto na sua visão e que a saúde da córnea possa ser preservada. As principais formas de tratamento são: uso de óculos, lentes de contato e intervenções cirúrgicas.

Confira agora um pouco sobre cada um desses tratamentos.

1) O primeiro tratamento à doença é o uso de óculos. O médico deve prescrever óculos quando a ceratocone está em estágio inicial e o óculos pode ainda criar uma boa acuidade para o paciente.

2) Quando os óculos já não são mais suficientes para que a acuidade visual seja satisfatória, o médico pode prescrever uso de lentes de contato, que são específicas para o tratamento de ceratocone, mais rígidas. Essas lentes devem garantir a saúde da córnea.

3) Outra alternativa para a ceratocone é o procedimento chamado crosslinking. Esse procedimento consiste em remover o epitélio da córnea, assim a superfície ficará exposta para aplicação da riboflavina. Este procedimento permite que haja menores chances de evolução da doença.

4) Além do crosslinking, há o transplante de córnea. Isso ocorre quando a correção não pode ser mais feita por meio de óculos ou lentes de contato, ou seja, quando a doença já está em estágio avançado. Nesse caso, o transplante da córnea pode ser uma boa opção de tratamento.

5) Outra opção cirúrgica para o tratamento da ceratocone é o implante de anel corneano. Nesse caso, será feita uma pequena cirurgia para que arcos de polimetil (aneis corneanos) sejam implantados. O procedimento é feito com anestesia local e pode ser substituído, além disso, não remove o tecido ocular.

O implante de anel corneano tem sido uma alternativa de tratamento muito utilizada e que pode ser muito benéfica.

Como escolher o melhor tratamento?

O tratamento é a cirurgia de ceratocone que só pode ser prescrito pelo médico, após, análise clínica e dos exames específicos, como você viu anteriormente. A medida que a doença for progredindo, o médico vai dizer qual a melhor opção.