Category Archives: Finanças

Apostando na bolsa

A bolsa de valores é um mercado que atrai muitos investidores interessados em ganhar quantias exorbitantes, apostando em empresas de pequeno, médio ou grande porte que tenham potencial de crescimento, muitas pessoas acabam ficando milionárias com esses investimentos, algo que chama a atenção de quem possui boas quantias guardada, porém diante da crise e do período de recessão nos maiores centros mundiais, tem caído de forma considerável e viraram motivo de preocupação para aqueles que costumavam aportar, altos valores em ações das grandes empresas nacionais e internacionais, dependendo da porcentagem e do faturamento, você poderia gastar um milhão de reais por 5% das ações de uma multinacional, e ganhar por mês cinco milhões se as vendas forem positivas.

O mercado de ações traz inúmeros benefícios a empresas, que podem atrair investidores a injetar capital em suas organizações, fazendo com que a margem de lucro seja altamente positiva, muitas empresas acabam dividindo seu comando em ações, e as colocam na bolsa de valores em busca de pessoas que tenham capacidade e dinheiro para fazer grandes aportes financeiros, com a crise algumas pessoas ficam mais receosas de investir pelo fato do clima constante de instabilidade que envolve a economia mundial.

bolsa de valores 2017A desvalorização das principais moedas estrangeiras, traz um certo receio aos interessados em investir nas ações de uma multinacional por exemplo, ou até mesmo quem deseja investir em uma empresa nacional, que possa vir a crescer ao longo dos anos. Saiba tudo de bolsa de valores no site do Power profit systems.Certo é que mesmo com riscos, o investimento na bolsa de valores pode trazer a quem se interessar muito retorno financeiro, e a possibilidade de ser participante de alguma das maiores empresas do mundo, tendo em vista que para comprar ações é preciso ter dinheiro, e em alguns casos pequenas fortunas, que podem triplicar se o investimento for correto.

 

Como fazer seus primeiros investimentos?

Muitas pessoas pensam em começar a realizar os seus primeiros investimentos como forma de fazer o seu patrimônio crescer. Com isso, tem uma grande possibilidade de enriquecer se possuírem a mentalidade correta e poderem realmente pensar no longo prazo. O problema é que muitas pessoas não possuem as orientações mínimas para começar a investir com grandes possibilidades de retorno. Felizmente, hoje em dia existem sites como o Mago do mercado que pode ser bastante útil nesse ponto. Baseado no site do mago do mercado eu irei começar a falar para vocês nesse post uma série de passos que devem ser tomados para que você possa realmente investir com sucesso. Vamos começar então falando sobre o primeiro passo de todos: Obter informação para investir seu dinheiro da melhor maneira possível.

Uma boa idéia com relação a isso é se aproveitar das excelentes fontes que existem na Internet para começar a aprender como investir de verdade, dentre as quais eu destaco o site do mago que eu falei no parágrafo anterior. O Ponto chave aqui é realmente prestar atenção na efetiva qualidade da fonte de informação que você irá utilizar para aprender sobre os primeiros conceitos necessários para investir com sucesso. Vamos começar falando sobre como montar sua primeira estratégia de investimentos e, nessa etapa, por hora você já precisa ter me mente a ideia de que existem basicamente duas formas de investir: O método fundamentalista e o método analítico. Vou fazer um breve resumo sobre os dois e no final dizer qual é o método que eu considero o mais adequado para alguém que ainda seja um completo leigo na bolsa de valores.

Analise gráfica e análise fundamentalista

Primeiro vamos começar pela análise gráfica. Como já pode ser inferido do próprio nome, a análise gráfica se baseia em analisar diversos gráficos que mostram a movimentação do preço de ações em função do tempo. Assim, o objetivo principal neste tipo de análise é que você seja capaz de encontrar aqueles padrões de movimentação das ações que se repetem constantemente e assim ser capaz de se aproveitar desses padrões. Em um primeiro momento, o que é preciso que você note é que esse não é um método mágico. Existem muitos grandes investidores na bolsa de valores e em diversos outros tipos de mercado que se utilizam desta técnica para poderem prever grandes movimentações no mercado que podem fazer toda a diferença entre ganhar muito dinheiro investindo e conseguir apenas alguns pontos percentuais de valorização, ou até mesmo perder dinheiro investindo que é o que ninguém certamente deseja.

Para que esse método possa funcionar você deve ser capaz de atender a alguns requisitos básicos. Eu poderia ficar horas aqui falando em detalhes sobre todos os tipos de detalhes que você deve atender para que a análise técnica funcione para você, mas eu irei me ater ao principal. Para ser um grafista (investidor que se utiliza da análise técnica ou gráfica) você irá precisar de um excelente plano de gestão de risco muito mais do que qualquer outro tipo de investidor precisaria. A razão para isso é muito simples: Obviamente, é impossível prever com extremo grau de precisão qual será a movimentação do mercado ou de uma ação ou outra em específico em um determinado dia. Isso porque na maior parte das vezes os preços irão oscilar de uma maneira que pode até parecer completamente aleatória. Para contrabalançar esse fato, precisamos de um sistema de gestão de perdas que possa nos garantir que sempre que uma previsão gráfica não se concretizar, nossas perdas serão as menores possíveis. Assim, podemos por exemplo estabelecer um limite de 2% de queda em um determinado ativo que, se atingido, nos obriga a nos desfazer daquela posição imediatamente.

Agora vamos falar um pouco sobre a análise fundamentalista. Esse tipo de análise se baseia principalmente em tentar avaliar financeiramente a pujança de uma determinada empresa para, então, decidir se queremos mesmo fazer parte daquela empresa adquirindo ações dela. Esse é um método bastante criterioso, que se baseia em diversos indicadores financeiros para saber se a empresa é uma boa decisão de investimentos ou não.

A análise fundamentalista, como você já deve ter percebido, exige um conhecimento técnico mais específico, e uma experiência no mercado maior. Por isso mesmo, eu acredito que esse não é o melhor caminho para investir para quem ainda está começando. Para iniciantes, eu creio que a análise técnica na maioria das vezes será um método de investimentos muito mais efetivo. Se você tem um talento natural para a matemática e uma boa habilidade para interpretar gráficos e capacidade de raciocínio crítico você irá se dar muito bem com a análise técnica inicialmente em seus investimentos. Para o Longo prazo, entretanto, eu acredito que a análise fundamentalista passa a se tornar uma opção mais interessante para investir pois se baseia em dados mais concretos, ou seja, em efetivamente avaliar se a empresa e o setor no qual ela esta inserida, o que te confere uma probabilidade de sucesso maior se você souber o que esta fazendo.

É necessário muito conhecimento acadêmico para investir?

Investir é um tema que atrai a muitas pessoas pela possibilidade de construção de uma grande riqueza que esse tipo de atividade oferece. Porém, muitas pessoas não sabem exatamente que tipo de caminho trilhar para se tornar um investidor de sucesso. Por isso vou tentar resumir aqui o passo a passo que você precisa saber e, mais importante, colocar em prática, para obter o tipo de resultado que você almeja. Agora, antes de mais nada eu quero deixar bem claro que você não deve enxergar esse artigo como a solução mágica para os seus problemas, como se segui-lo fosse automaticamente te trazer todos os resultados que você espera. Na verdade, é muito bem o contrário. Embora eu acredite que esta informação pode te ajudar muito somente o seu real desejo de aprender a investir com eficiência pode lhe gerar resultados e esse desejo necessariamente envolve a consistência e a disciplina para aprender de diversas outras fontes o modo pelo qual você pode investir do melhor modo.

Bom, mas chega de papo e vamos ao que interessa, começando pelo ponto principal que pode literalmente te fazer um grande campeão na bolsa ou te destruir por completo: saber dar a prioridade adequada para as coisas certas. Vou explicar melhor o que ue quero dizer exatamente com isso. Muitas pessoas quando começam a investir, seja qual o tipo de investimento for, mas especialmente através da bolsa de valores, possui o foco sempre em tentar obter o máximo de retorno possível e criar grande riqueza no menor espaço de tempo que for possível. Para um leigo, isso pode fazer algum sentido, já que você sempre investe para obter resultados. Entretanto que já investe há algum tempo sabe do que eu estou falando: Você deve primeiro se preocupar em conseguir evitar todo o tipo de perdas, tendo uma gestão do risco altamente eficiente, para apenas então se preocupar com os ganhos que você pode obter investindo.

Investidor de sucesso como se tornar um

Eu sei que se acostumar com essa ideia pode parecer bastante difícil em um primeiro momento, especialmente para quem – como a grande maioria das pessoas – esta acostumado a ouvir que a bolsa de valores é o melhor investimento que você pode fazer. Bom, na verdade, a bolsa de valores pode sim ser uma grande oportunidade de multiplicação do seu capital, mas para garantir que ela possa produzir os resultados que você espera é necessário seguir um plano claro com relação a ela, e é exatamente isso o que eu estou tentando passar. Agora porque a gestão de risco é tão necessária? Bem, porque se você começa a ter uma perda aqui e outra ali, e não há muita limitação quanto ao montante dessas perdas, então o que pode ocorrer é uma hora alguma dessas perdas sejam em um montante tão elevado que tornem extremamente difícil de retornar ao patamar anterior e desse modo o que ocorre é que você não consegue mais ter uma saldo positivo. Basta imaginar uma perda de 60% no seu capital, imagina o que você terá que fazer apenas para voltar ao estágio anterior em que você se encontrava, antes da perda? Pois é isso mesmo que eu estou tentando lhe falar.

O segundo ponto aqui desse passo a passo para se tornar um investidor de sucesso é algo que é falado bastante inclusive no curso o investidor de sucesso. Eu estou falando da sua disciplina para investir, ou seja do grau de frieza que você possui para tomar as suas decisões de investimento, que é algo extremamente importante se você parar para pensar. Sem essa habilidade você irá ficar desesperado com o primeiro movimento adverso de mercado e acabará cometendo alguma besteira que pode realmente te prejudicar.

Fundos imobiliários podem ser uma opção pra você?

Existem muitas opções de investimentos disponíveis atualmente, como por exemplo, apenas para citar algumas,investimentos em bolsa de valores, investimentos em títulos emitidos pelo tesouro, investimento no mercado Forex, investimentos em imóveis, investimentos em empresas promissoras de tecnologia, as chamadas startups, também conhecido como “Angel Investment”, além de muitas outras opções. Todos esses tipos de investimentos possuem suas vantagens e desvantagens e depende de cada perfil de investidor o quanto um ou outro tipo de investimento irá se adaptar melhor a si mesmo. Antes de mais nada, é preciso esclarecer que não há muito esse conceito de que uns investimentos são melhores do que outros e na realidade é sim bastante possível obter resultados expressivos com qualquer tipo de investimento, sejam estes que eu dei de exemplo aqui ou qualquer outro dos milhares que existem por ai.

Entretanto, uma ideia muito necessária para ser bem sucedidos que muitas pessoas não se dão conta na hora de começar a investir é a de que você precisa primeiro, antes de qualquer outra coisa, conseguir determinar qual é o seu perfil de investidor. Sem essa informação, é absolutamente ineficaz tentar aprender mais sobre investimentos, pois você pode estar tentando aplicar em algo para o qual você simplesmente não possui habilidades para ser bem sucedidos. Um investidor conservador, por exemplo, poderá enfrentar grandes dificuldades e amargar altas perdas financeiras ao investir no mercado de opções por exemplo, um mercado que, por suas próprias características, costuma ser bastante arriscado. Isso significa que investir em opções não é um bom negócio ou que existem outros tipos de investimentos infinitamente superiores a compra e venda de opções? É claro que não. Um outro investidor, com um perfil mais adequado, pode se aproveitar melhor desse tipo de mercado e se utilizar de ferramentas ai disponíveis que ele não encontraria em outros mercados para obter ganhos altamente expressivos.

Investir em imóveis

O que eu quero que fique claro neste artigo, é que eu não estou de forma alguma defendendo que um determinado tipo de investimento é melhor ou pior do que outro, mas apenas tentando mostrar exatamente o contrário, que todo tipo pode ser bom ou ruim dependendo do investidor que esta por trás dele, e se você almeja ser um investidor e operador de sucesso, você deve compreender bem este conceito. Dito isto, eu gostaria de falar um pouco mais com vocês sobre um tipo de investimento que particularmente me interessa bastante: O investimento em imóveis. Este tipo de investimento é bastante interessante porque apresenta uma alternativa à volatilidade dos mercados de ações. É bastante possível construir um patrimônio realmente impressionante apenas com investimentos em imóveis, mas obviamente para isso você precisa saber exatamente o que esta fazendo pois, caso contrário, irá apenas perder dinheiro.

Através do investimento em imóveis, você irá ganhar basicamente através de duas frentes: primeiro, com a valorização do imóvel, que – se você tiver feito o seu dever de casa e tiver escolhido os melhores imóveis para investir – pode ser bastante expressiva ao longo dos anos; além disso, você também poderá lucrar bastante com os aluguéis dos imóveis. Aliáis, essa é uma parte interessante, pois a longo prazo você pode gerar, através da receita dos aluguéis dos seus imóveis, uma quantia significativa que você irá receber todos os meses de maneira absolutamente passiva.

O único problema dessa linha de investimentos é que o alto preço dos imóveis acaba muitas vezes sendo um impeditivo. Entretanto, uma alternativa viável é o investimento através de fundos imobiliários, pelo qual você irá adquirir cotas que representam frações do montante de todos os imóveis possuídos pelo fundo, sendo assim possível investir mesmo possuindo apenas mil reais, por exemplo. O investimento através de fundos imobiliários representa alguns desafios a mais, mas felizmente essas dúvidas podem ser esclarecidas através de bons cursos como o Curso do Marcelo Vieira O investidor de sucesso 

 

BC: Energia e Juros sobem ainda mais no ano

O Banco Central revisou a projeção para reajuste do preço da eletricidade de 38,3% para 43,4%, este ano.

A informação está no Relatório de Inflação divulgado trimestralmente. A estimativa de redução na tarifa de telefonia fixa passou de 4,1% para 3%.

A projeção para a variação do conjunto dos preços administrados por contrato e monitorados é de 13,7% para 2015, ante 11% considerados no relatório anterior, divulgado em março.

Segundo o Banco Central, essa projeção considera variações ocorridas, até maio, nos preços da gasolina (9,3%) e do gás de bujão (4,3%), além das estimativas para a tarifa de telefonia fixa e eletricidade.

Para 2016, a estimativa é 5,3% para os preços administrados, a mesma projeção de março.

Ao mesmo passo, a taxa de juros do rotativo do cartão de crédito subiu 13,1 ponto percentual em maio e atingiu 360,6% ao ano. Já a taxa do cheque especial subiu 6 pontos e chegou a 232% ao ano.

As informações foram divulgadas nesta terça-feira (23) pelo Banco Central.

A taxa média de juros cobrada do consumidor subiu 1,2 ponto percentual, passando de 56,1% ao ano em abril para 57,3% ao ano em maio. Com isso, se mantém no maior valor desde que os dados começaram a ser compilados pelo BC, em março de 2011.

Essas taxas se referem aos recursos livres, em que os bancos têm autonomia para aplicar o dinheiro captado no mercado e definir as taxas de juros. Não inclui, portanto, financiamento imobiliário, crédito rural e empréstimos do BNDES.

Para os financiamentos direcionados, os juros tiveram alta de 0,3 ponto, para 9% ao ano.