Category Archives: Empreendedorismo

Qual o jeito mais fácil de começar com a importação?

Importar produtos para a revenda é um dos meios mais fáceis e lucrativos de se começar um novo negócio, apresentando diversas vantagens especialmente para quem ainda não possui muita experiência empreendendo, e por isso vamos discutir aqui essas vantagens para que você também possa se sentir confiante de começar logo o seu próprio negócio de importação. Antes de mais nada entretanto é necessário saber que existem alguns conhecimentos básicos que você precisa adquirir para que o seu negócio de revenda possa ser bem sucedido. Entre esses exemplos estão aqueles citados aqui: http://attlantis.com.br/academia-do-importador-funciona-ou-e-fraude/, através do curso academia do importador, criado pelo Filipe Ribeiro, uma das principais autoridades no país quando o assunto é importação para revenda de produtos.

A primeira questão que deve aqui ser analisada é com relação à possível facilidade – ou não – que você terá para poder efetivamente abrir o seu negócio e já começar a vender os seus primeiros produtos. Primeiramente, uma excelente dica para isso é exatamente o meio que você esta utilizando nesse momento, sim, é a Internet. Para mim, uma das principais vantagens de um negócio de importação para revenda de produtos, se não o principal, é o fato de você poder construir esse negócio de um modo totalmente online. Com isso, suas chances de sucesso se multiplicam exponencialmente, e isso por uma razão bem simples: Você sempre poderá abrir esse tipo de negócio mesmo não possuindo no momento uma quantia de dinheiro muito significativa para investir. Vou te mostrar o porquê.

Começando seu negócio de Importação

Se você parar para pensar, qual você me diria que é a razão número um para que uma pessoa desista de abrir um determinado tipo de negócio? Sim, exatamente, a razão número um é o risco envolvido nisso, especialmente em um país como o Brasil, que tradicionalmente parece ser inimigo dos empreendedores e, através de dezenas de regras burocráticas pode literalmente impedir que um negócio que em outra situação seria promissor possa efetivamente deslanchar. Agora, esse risco obviamente é tão maior quanto for o valor investido para a abertura do negócio, e é exatamente neste ponto que eu queria chegar pois a união de um negócio como a importação para revenda com a plataforma da rede mundial de computadores permite a você correr a menor quantia de risco possível. Por um lado, você não precisa investir em uma grande estrutura para ter uma loja de rua, por exemplo, como em muitos outros negócios, o que obviamente já diminui – e muito – os seus custos iniciais para começar a operar.

Se fossemos fazer uma breve comparação, em uma loja física você já sairia perdendo pois logo de cara teria de desembolsar cerca de 200 ou 300 mil reais a título de luvas para poder ocupar uma rua com grande movimentação nas maiores cidades brasileiras, como o Rio de Janeiro ou São Paulo. Isso significa que você acaba precisando correr necessariamente um risco alto para abrir um negócio físico. Assim, algo que precisamos ter em mente é a ideia de tentar diminuir esse risco existente e nessa linha de pensamento um negócio totalmente por meio da Internet é a sua melhor opção. Um outro ponto relacionado ao ramo de importação é a possibilidade de você poder começar mesmo com absolutamente ZERO de capital. Sim, você leu certo.

Isso é possível devido a técnica conhecida como dropshipping, que permite que você possa já anunciar o seu primeiro produto mesmo sem nem ter adquirido ele ainda e, assim, você já vende e recebe o seu lucro e somente a partir desse momento é que você irá até o fornecedor do produto e o irá adquirir. Isso com certeza irá facilitar e muito a sua vida. Por outro lado podemos também começar a pensar em como melhorar ainda mais a situação e portanto eu vou começar a falar aqui de como seria a sua situação ideal enquanto alguém que esta começando a sua loja de importação. O primeiro passo é realmente escolher um produto, montar uma loja online através das dezenas de plataformas de ecommerce disponíveis por aí, e então mandar ver, anunciando seus produtos e esperando alguém comprar para então realizar o pedido de compra junto ao fornecedor. Desse modo, precisamos pensar agora em como operacionalizar isso.

Veja bem, porque essa parte é a mais difícil. Você irá precisar de uma série de fatores interessantes para conseguir entender porque as coisas funcionam desse modo. Primeiro, olha que difícil, um a conexão com a Internet, depois, veja que complicado, alguns minutos do seu dia para pegar as ordens realizadas e comprar com o fornecedor. É basicamente isso que você precisará no início, portanto, pare de se questionar e tome uma ação logo pra se aproveitar dessa excelente oportunidade de empreendedorismo que é a importação de produtos para revenda.

Como se tornar um importador 360

Eu costumo dizer que para realmente obter um sucesso impressionante no ramo da revenda de produtos você precisa se tornar um importador 360. O que eu quero dizer com isso é que você precisa dominar o mercado da importação como a palma da sua mão. A gama de conhecimentos necessários para realmente se sobressair em um mercado que tende a ser extremamente competitivo como o da importação é realmente bastante significativa, por isso mesmo você tem que estar preparado para tudo e pronto para usar todos os seus conhecimentos para vencer a concorrência e fazer o seu negócio prosperar.

Mas como atingir esse objetivo? Muitas pessoas que estão entrando agora nesse meio, montando o seu primeiro negócio de importação através da Internet, podem se sentir realmente confusas sobre qual seja a maneira correta de lidarem com os seus negócios e, de fato elas estão muito longe de poder dizer que são importadores 360, pois muitas vezes nem mesmo o conhecimento básico de como funciona o mercado de importação elas possuem. Por isso eu preparei esse artigo no qual eu irei dizer resumidamente aquilo que é necessário para obter o sucesso através da importação de produtos para revenda. Fique atento pois eu tenho certeza de que você aprenderá bastante.

Importador 360 empreenda de casa

Então se você quer ser um importador 360 e poder ter a possibilidade de trabalhar de casa e criar um grande negócio por meio da Internet, preste bastante atenção nas próximas linhas e parágrafos.

Vamos começar com uma questão bastante básica, que é quais tipos de produtos importar para revender tendo em vista o máximo de eficiência. Nesse ponto, eu vou ser bem direto: creio que produtos tais como acessórios, sapatos, relógios e outros tipos de produto nessa linha, com um baixo preço final ao consumidor, costumam ser muito mais lucrativos. Sim, mais lucrativos. Muitas pessoas podem duvidar do que eu acabei de falar pois na mente dessas existe a ideia de que quanto mais caro se vende um produto mais dinheiro se ganha, mas isso nem sempre é verdade porque você deve sempre considerar a margem de lucro, ou seja, a fatia do preço final cobrado ao cliente que é o seu lucro. Este conceito é importante pois não adianta muito vender um produto de 1.000 reais, por exemplo, se o que ficará para você será apenas 50 reais. Assim, você deve ter me mente isso ao escolher que tipo de produto vender, e os exemplo aqui dado são com certeza um excelente guia para você.

Um outro ponto que faz com que seja mais inteligente vender esses tipos de produto é que eles tendem a apresentar uma competição muito menor, exatamente porque a grande maioria dos importadores vai logo em cima dos produtos mais populares como celulares e afins, por acreditarem que este trarão a maior quantidade de dinheiro por serem mais caros. Na realidade o que acaba ocorrendo é que essa competição causa justamente o oposto, e assim a margem de lucro acaba sendo muito menor do que o esperado. Além disso, produtos caros como esses citados costumam sempre dar muito mais dor de cabeça, pois devido ao valor envolvido os clientes costumam ficar bem preocupados e assim o que ocorre é que você invariavelmente acaba gastando bastante tempo apenas lidando com os clientes e evitando futuras reclamações. Outra questão que deve ser pensada, para finalizar esse resumo, são os tributos envolvidos quando você importa um produto, vamos a eles.

A tributação de qualquer tipo de produto importado costuma ser bastante pesada. O imposto de importação, sozinho, já irá representar um valor igual a 60% do produto, o que significa preços bem mais altos. Por outro lado, ainda irão incidir impostos como o imposto sobre produtos industrializados (IPI) e o imposto sobre a circulação de mercadorias e serviços (ICMS). Vamos entender melhor agora como podemos fazer para legalmente evitar ou pelo menos diminuir a incidência desses impostos.

A primeira dica que eu dou é comprar apenas de fornecedores que não estampem um logo gigantesco na caixa dos produtos, pois esse é o modo mais fácil de fazer com que o seu produto seja barrado na Alfândega e, consequentemente, taxado. Evitar isso, por si só, já irá fazer com que você possa evitar uma alta chance de taxação que ocorreria de outro modo. Outra boa dica é sempre importar, se possível, em menores quantidade, de modo que o valor total do produto não passe dos 50 dólares, pois ai ele estará isento.

Bom, seguindo todas as dicas aqui expostas você com certeza já estará vários passos a frente de seus competidores e pronto para fazer crescer o seu negócio de importação online.